GAY-ME OVER (Pt)

Só passado 20 dias, o Supremo Tribunal Federal, por unanimidade reconheceu a « união estável de casal do mesmo sexo », traduzem as uniões homossexuais, a concessão de direitos iguais para homossexuais como para heterossexuais. Este reconhecimento anunciou um avanço importante: os casais homossexuais reconhecidos como família completa podem agora desfrutar de direitos de herança, direitos de proteção social concedida ao parceiro, pensão alimentaria, distribuição de bens na separação, a facilitação para a adoção Resumindo, um bom passo para a igualdade … Isso aconteceu precisamente 5 Mas 2011 …

Aqui estamos, 25 de maio de 2011, e o que é que nós ouvimos na Globo? De um « Kit Gay » para as escolas e  seria controverso… Gente ! Poucos minutos em sites e outras redes sociais são suficientes para se ter uma idéia. Um projeto denominado « Escola Sem Homofobia » (note a inversão entre lexical anti-homofobia e pró-gay), que mostra através de três vídeos os problemas enfrentados pelos jovens sobre sua sexualidade. A primeira lida com a homossexualidade e bissexualidade de um menino, a segunda de uma garota lésbica, a terceira um travesti passado que quer ganhar o respeito como uma mulher. Não vai demorar muito para que a mídia dá voz na polemica e, claro, amplificar o fenômeno. Por trás de tudo isso? Conservadorismo puritano que me enoja… Para a sociedade brasileira, apesar de ter seios nus durante o carnaval não aceita topless nas praias … Não fale com um evangelista de sexualidade desviante, e Deus certamente já sabe quanto eles estão crescendo neta epoca, porque vai te mandar direto para o inferno! Já, a campanha presidencial de setembro do ano passado tinha visto o surgimento de um falso debate em torno do aborto (lançado pela candidata dos Verdes – Silva, se não me engano, o que irrita ainda mais minhaa fibra verde francêsa) que estava fedendo.

Tanto barulho, os professores que não suportam, os meios de comunicação  que estão envolvidos, e aqui a Presidente Dilma manifestou-se contra o projeto … Seja Gay e cale a boca,

“O governo defende a educação e também a luta contra práticas homofóbicas. No entanto, não vai ser permitido a nenhum órgão do governo fazer propaganda de opções sexuais (…) de nenhuma forma, não podemos interferir na vida privada das pessoas. « 

Ainda há algum caminho a percorrer, embora que eu ainda sinto (e isto pode estar completamente errado), que apesar desta proibição moral pesada e detestável que a sociedade impõe, os gays parecem expressar suas diferenças com mais facilidade do que em França ou na Europa em geral.

Os três vídeos em questão :

Publicités

À propos de Antoine

Professeur de français / Traducteur

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion /  Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion /  Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion /  Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion /  Changer )

w

Connexion à %s